Avaliação estocástica de risco de colapso: o caso do abastecimento de água de Campina Grande - PB

Francisco Jácome Sarmento

No presente artigo, o risco de colapso no abastecimento de água a partir de um reservatório é modelado em um espaço pentadimensional, no qual o eixo do tempo é construído utilizando-se um modelo estocástico de geração de vazões para rios intermitentes na síntese de diversas realizações possíveis do processo estocástico representativo da vazão afluente. O agravamento do risco de colapso ao longo de um ano futuro é ajustado através de regressão não-linear múltipla.

O procedimento proposto é empregado para o caso do reservatório de abastecimento de água de Campina Grande/PB - Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), para o qual é também avaliado o risco de colapso total.

Download do artigo completo:

Avaliação estocástica de risco de colaps
Download • 48KB

9 visualizações0 comentário