MUDANÇAS CLIMÁTICAS: Impactos sociais, econômicos e ambientais no semiárido brasileiro

Francisco Jácome Sarmento


A relação entre eventos hidrológicos extremos – secas e cheias – com as condições socioeconômicas do semi-árido brasileiro é discutida. A influência de mudanças climáticas globais na hidrologia da região é investigada com auxílio de um modelo estocástico de geração de vazões em rios intermitentes. O reservatório Epitácio Pessoa (PB) é usado como exemplo de aplicação do modelo por exibir certa relação entre suas vazões afluentes e a série histórica do PIB do setor primário no estado da Paraíba. Os resultados confirmam que um agravamento na variabilidade interanual das vazões afluentes se refletem negativamente na capacidade de regularização do reservatório. No caso estudado, os reflexos desse aumento influenciam as perdas no PIB agropecuário no futuro, fazendo-as ainda maiores.

Download do artigo completo:

MUDANÇAS CLIMÁTICAS: Impactos sociais, e
Download • 142KB

49 visualizações0 comentário